terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Capítulos e separação

Boa tarde amores *-*
Ai, ai que calore Dio mio ... muy caliente rsrssr mas sobrevivendo ^^

CAPÍTULOS e SEPARAÇÃO é o tema do poste de hoje ...

 Faz um bocadinho de tempo que li um livro, extremamente confuso, não pela história e sim pela separação da história nos capítulos.
 Escrever um livro é super fácil, criar histórias e contá-las é super divertido, mas como não confundir o leitor ??
 Muitos me perguntaram, mas qual o numero de paginas que um capitulo deve ter? Não há limite, ou melhor, você quem determina o limite, ultimamente os que estou lendo tem 6, 10 ou 20 paginas. 
 Mas o mais importante, não é o numero das paginas e sim o conteúdo que há nelas e separação de cena e personagens é o mais importante.

 Para um iniciante sempre recomendado, para ele não se perder, escrever as cenas dos personagens, mas nomeando-os.
 Ex: Isabela
        escreva toda á ação da personagem....

depois

       Júlio
       escreva toda á ação do personagem .... 

 Não é exigência, é que fazendo isso, com o tempo você escritor pega o jeito de escrever a ação dos dois personagens em um único capitulo e sem nomeá-los e sem confundir o leitor e usando o "enter", sim isso mesmo, o "enter" do teclado ajuda muito na separação das cenas.

 Ex1: Na tarde de domingo, Isabela saiu com suas amigas para se divertirem em um pequeno bar onde tocava apenas rock'n roll e de ambiente agradável. Tão envolvidas em suas conversas que nem se deram conta quando um dos moços se aproximou para puxar conversa [...]  Isabela, se pegou corando as faces, ao notar que estava praticamente devorando o moço cabeludo e com a barba por fazer á sua frente, sorrindo ela lhe dirigiu um -Oi - bem tímido e o convidou á se juntar com elas e ele em um aceno com á mão chamou seu outros dois amigos para se juntarem á mesa [...] Fazia tempo que Júlio não saia com seus amigos para beberem e jogar conversa fora, assim como fazia um bom tempo que não ia ao bar de rock, naquela tarde de domingo se sentiu irritado por seus "parceiros" o arrastarem para o bar, mas após seus olhos repousarem na bela garota de face morena e cabelos negros, sentiu-se um pouco incomodado e cativado pelo lindo sorriso que ela acabará de dar á sua colega [...] Meia hora depois, tomou coragem e se aproximou da linda garota de olhos castanhos e sorriso encantador que tão envolvida na conversa, não notou que ele á olhava fixamente e aqueles mesmo olhos castanhos o olhou de uma maneira que o nocauteou e "estou fodido". Pensou divertido e seu "OI" tímido não deixou duvidas de que essa tarde de domingo valera á pena [...]

  Haha, acabei de criar essa cena ... Bom é apenas um exemplo de como tem uma coisa super errada na construção e separação das cenas .... ali no "Fazia tempo que Júlio..." necessita de um "enter" ou de (♣♣♣) centralizado na pagina para á próxima cena para o leitor não se perder... certo? 

 Ex2: Na tarde de domingo, Isabela saiu com suas amigas para se divertirem em um pequeno bar onde tocava apenas rock'n roll e de ambiente agradável. Tão envolvidas em suas conversas que nem se deram conta quando um dos moços se aproximou para puxar conversa [...]  Isabela, se pegou corando as faces, ao notar que estava praticamente devorando o moço cabeludo e com a barba por fazer á sua frente, sorrindo ela lhe dirigiu um -Oi - bem tímido e o convidou á se juntar com elas e ele em um aceno com á mão chamou seu outros dois amigos para se juntarem á mesa [...] 

Fazia tempo que Júlio não saia com seus amigos para beberem e jogar conversa fora, assim como fazia um bom tempo que não ia ao bar de rock, naquela tarde de domingo se sentiu irritado por seus "parceiros" o arrastarem para o bar, mas após seus olhos repousarem na bela garota de face morena e cabelos negros, sentiu-se um pouco incomodado e cativado pelo lindo sorriso que ela acabará de dar á sua colega [...] Meia hora depois, tomou coragem e se aproximou da linda garota de olhos castanhos e sorriso encantador que tão envolvida na conversa, não notou que ele á olhava fixamente e aqueles mesmo olhos castanhos o olhou de uma maneira que o nocauteou e "estou fodido". Pensou divertido e seu "OI" tímido e o convite para se juntar á elas na mesa não deixou duvidas de que essa tarde de domingo valera á pena, acenou para seus amigos que com pura diversão se juntos á nós [...]

 Ficou melhor, né? Fiz as duas comparações para vocês terem uma noção de uma cena para outra, pois o primeiro exemplo eu li em muitos livros e confesso ter me perdido totalmente, ficava me perguntando quem contava a cena e isso é constrangedor.  Não estou chamando ninguém de "burro" neste poste, é somente mais uma dica para você escritor não ficar com aquela pensamento "mas, eu queria escrever as cenas dele também, como faço?"
   Taí uma dica e sugestão para você... E não pense você que isso não passa despercebido, porque passa sim ... Outro fato muito importante também é o tempo descrito na história. Mas, ficará para outro poste...

 E lembrando mais uma vez, não limite para de paginas para um capítulo, é você quem decide o limite das paginas e o conteúdo de cada pagina. 


Escrevo com carinho e amor para todos :*
JANAINA SOBRINHO


3 comentários:

Se você fosse minha - Bella Andre

Boa tarde leitores! Estou em suspiros por esse final de livro *-* Muito lindo e só para esclarecer, são oito livros contando o romance dos ...