sábado, 12 de março de 2016

Só - Edgar Allan Poe

Boa tarde meus amores *-*
Sabadão de preguiça ... nada mais belo que ler um pouco de poesia...

Antes de iniciar o poste eu queria colocar uma pergunta e responde quem quiser:
 - Quando mencionado poesia gótica, porque as pessoas ficam apreensivas? Tem medo?

Desde muito nova que eu não me rotulo, mas o gótico sempre esteve presente em minha vida e eu cresci vendo as pessoas com medo e receio quando a palavra era pronunciada ou quando uma musica ou poesia era falada, eu nunca entendi o motivo, pensei muito que talvez fosse preconceito, mas ao decorrer dos anos eu vi que não é "preconceito" e eu ainda vou procurar uma definição, mas enfim a pergunta fico no ar.

Chega de bate papo e vamos para poesia gótica ^^ amoo

E o escritor de hoje é Edgar Allan Poe - foi um autor, poeta, editor e critico literário americano, integrante do movimento romântico americano.

Poesia:


Desde a infância eu tenho sido
Diferente d'outros - tenho visto
D'outro modo - minhas paixões
Tinham uma outra fonte e
Minhas mágoas outra origem -
No mesmo tom não despertava
O meu coração para a alegria -
o que amei - eu amei só.
Então - na infância - a aurora
Da vida atormentada - estava
Em cada nicho de bem e mal
O mistério que me prendia -
Da correnteza, da fonte -
Da escarpas rubras do monte -
Do sol que me rodeava
Em pleno outono dourado -
Do relâmpago nos céus
Quando sobre mim passava -
Do trovão, da tormenta -
E a nuvem tem a forma
(Quando o resto do céu é azul)
D'um demônio aos meus olhos.


Ao decorrer eu colocarei as biografias dos escritores românticos, ou seja, gótico.

:**

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você fosse minha - Bella Andre

Boa tarde leitores! Estou em suspiros por esse final de livro *-* Muito lindo e só para esclarecer, são oito livros contando o romance dos ...