sábado, 23 de abril de 2016

"O mundo é dividido entre homens com inteligencia e sem religião, e homens com religião e sem inteligencia" - Averróis.

Boa noite amores ^^
Não me esqueci de vocês e nem do blog :p

Assunto de hoje é filosofia, bem curtinha, ainda na Filosofia Medieval conhecendo Averróis.

 Como Avicena, buscou formas de conciliar o Islã com a obra de Aristóteles, cujos pensamentos eram considerados hereges no mundo muçulmano. Natural do califado Almóada, onde hoje está a Espanha, Averróis tinha entre seus leitores o próprio califa, Abu Ya'qub Yusuf. Com as costas quentes, o filósofo conseguiu relativa proteção para formular seus ideias. Para ele, o Alcorão só deveria ser livro de maneira literal pelos homens incultos - a elite esclarecida precisava entender que o livro sagrado não passava de uma versão poética da realidade. As ideias de Averróis levavam á conclusão de que as indagações filosóficas e a religião podiam caminhar juntas: se a leitura mais óbvio de um trecho do Alcorão entrasse em conflito com a leitura oculta (feita em geral pelos filósofos), aquele preceito não deveria ser seguido ao pé da letra, mas interpretado como uma mera parábola.

Fonte: A Incoerência da Incoerência, Revista: Super Interessante.


Interessante esse pensamento ... 
deixo para os leitores á conclusão..
:**

Um comentário:

  1. Interessante. Se pensarmos bem, a religião não deveria dividir as pessoas em nome de algum bem, mas sim dividir o bem pelas pessoas.

    ResponderExcluir

Se você fosse minha - Bella Andre

Boa tarde leitores! Estou em suspiros por esse final de livro *-* Muito lindo e só para esclarecer, são oito livros contando o romance dos ...